Porta Identidade do Programa Doutoral em Estudos Culturais

Um Programa Doutoral neste domínio consiste na análise dos discursos humanos pelo que eles relevam de representação da realidade, pondo em relevo as relações entre os homens e entre estes e o seu meio envolvente (material e imaterial), onde a memória coletiva desempenha igualmente um papel fundamental. Partindo da ideia de que a linguagem (em sentido muito lato e qualquer que seja o ponto de vista técnico-científico em que seja abordada) é o lugar de criação do homem por si próprio, os Estudos Culturais acabam por ser o polo aglutinador de todo o domínio da investigação em Cultura. Daí que, quer no contexto nacional quer internacional, esta área de estudos esteja situada, ora em Departamentos de Comunicação ora nos de Línguas e Literaturas, ou de Sociologia, mas também nos de História ou Filosofia.

Do ponto de vista epistemológico um Programa Doutoral em Estudos Culturais constitui-se como o espaço teórico no qual o objeto de estudo se encontra em permanente construção (a questão inicial é sempre ‘o que é a cultura?’ e, em seguida, ‘como se declina ela nos diversos contextos histórico-sociais?’), de cuja resposta concreta depende a metodologia particular a utilizar em cada projeto de investigação. A articulação dos recursos humanos e materiais existentes nas Unidades Orgânicas envolvidas neste Programa, pertencentes às Universidades do Minho e de Aveiro (Instituto de Ciências Sociais e Departamento de Línguas e Culturas) dotam-no de meios materiais avultados e de um corpo docente e de investigadores que contribuem com uma massa crítica de grande potencial e relevo para a concretização de um Programa Doutoral que é, desde a sua génese, multi e interdisicplinar.

O Programa Doutoral de Estudos Culturais dirige-se à formação de profissionais nas áreas da criação, promoção, animação, mediação e divulgação cultural, bem como responsáveis por bibliotecas públicas, editoras, centros de produção de informação e de eventos culturais, responsáveis culturais de embaixadas, institutos, fundações, centros culturais, empresas ligadas ao turismo e hotelaria, entre outros. A formação de investigadores nesta área tem, igualmente, como objetivo qualificar especialistas capazes de trabalhar em equipas multidisciplinares na resolução de problemas como o desenvolvimento sustentável, a ética empresarial, os estudos fílmicos, de género, os media, a internet, pós-colonialismo, preservação de património material e imaterial, etc. A investigação nesta área procurará ainda responder à necessidade de formação de pesquisadores capazes de produzir investigação em ambientes que exijam a articulação de diversas áreas científicas como Comunicação, História, Filosofia, Sociologia, Psicologia, Literatura ou Património. Áreas de especialização (conferidas pela temática da tese de doutoramento): Hermenêuticas Culturais, Comunicação Intercultural e Sociologia da Cultura. Horário e local de funcionamento: sextas-feiras, em regime de rotação anual nas Universidades de Aveiro (DLC) e do Minho (ICS).

Fonte: http://estudosculturais.com/portal/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicação digital do relatório final do estágio de pós-doutoramento em Estudos Culturais da Profª. Drª. Wlad Lima da ETDUFPA ICA UFPA junto a Universidade de Aveiro Portugal sob a supervisão da Profª. Drª. Maria Manuel Baptista. A realização dessa pesquisa cobre o período de maio de 2013 a outubro de 2014. Esse site está acoplado ao portal virtual do Programa Doutoral em Estudos Culturais das Universidades de Aveiro e Minho. Está disponível para todos os interessados, mantendo a política de copyleft de sua autora. Esse estágio teve o apoio da CAPES, através de bolsa pós-doc no exterior.