Desenho do possível objeto de pesquisa por Anônimo (AGF)

POSSÍVEL OBJETO DE PESQUISA DE ANÔNIMO (AGF)

O objeto de pesquisa de Anônimo (AGF)  está situado no concelho de Sabugal. Se encontra no entre – entre a cultura popular e a cultura digital.
O tema é a apropriação das novas tecnologias como alimentadoras da cultura popular. Investiga pessoas que trabalhem com as novas tecnologias, que se utilizem das novas tecnologias em prol da cultura popular de Sabugal, na perspectiva de preservar a memoria dos seus sítios, a alma das pessoas que ali moram, as tradições ali inventas e preservadas.
Anônimo (AGF) entrevista as pessoas que tem algum poder de decisão na implementação destas novas tecnologias, como por exemplo, o presidente da câmara. Mas também os homens e mulheres da ação, a exemplo de Natália Bispo, proprietária da Casa do Castelo, em Sabugal.
O que se faz para preservar a alma e a tradição, a alma da gente e das tradições, pergunta Anônimo (AGF)? Para ela uma das maiores fontes de divulgação é a internet, o Facebook, as redes sociais. Porque sem isso é muito difícil chegar ao outro lado, daqueles que fazem a cultura popular.
Seu recorte recai sobre a Capeia Arraiana como essa ação que liga os fios. A Capeia tem essa memoria tradicional, esse cultivo tradicional. É vista como a alma do Sabugal, sua alma cultural.
Transformar tudo isso em conceitos é o seu grande objetivo.
No mandato atual da Câmara foi realizada a candidatura da Capeia Arraiana como patrimônio cultural e imaterial da Unesco e houve um vasto processo de inventariação da Capeia culminando na efetiva elevação da Capeia Arraiana a patrimônio cultural e imaterial e isso foi uma grande vitória do Sabugal.
A Capeia é um objeto cultural, uma manifestação, onde pessoas se juntam, fortalecendo a comunidade. Unem-se em volta da Capeia Arraiana, crianças, jovens e principalmente os idosos, visto ser, a Capeia, um fator indenitário muito forte. A Capeia Arraiana mesmo na diáspora, mesmo para as pessoas que estão lá fora, nota-se um sentimento de pertença, de força, de união. Nas pessoas que estão na região, nota-se um grande orgulho por pertencerem ao concelho de Sabugal. O fato da Capeia ter sido classificada como patrimônio cultural e imaterial, faz com que ela esteja mais presente na internet, nas redes sociais, possibilitando a investigação de Anônimo (AGF) sobre a cultura popular via cultura digital na contemporaneidade.

LINKS DE APROFUNDAMENTO:
http://www.casa-do-castelo.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicação digital do relatório final do estágio de pós-doutoramento em Estudos Culturais da Profª. Drª. Wlad Lima da ETDUFPA ICA UFPA junto a Universidade de Aveiro Portugal sob a supervisão da Profª. Drª. Maria Manuel Baptista. A realização dessa pesquisa cobre o período de maio de 2013 a outubro de 2014. Esse site está acoplado ao portal virtual do Programa Doutoral em Estudos Culturais das Universidades de Aveiro e Minho. Está disponível para todos os interessados, mantendo a política de copyleft de sua autora. Esse estágio teve o apoio da CAPES, através de bolsa pós-doc no exterior.